sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Queria ser rico...

Queria ser rico... Mas sem hipocrisia. Porque claro... Isso todo mundo quer!
Queria ser rico para poder fazer alguma coisa pelas pessoas que estão com fome. Para poder fazer alguma coisa pelas pessoas que estão doentes e precisam de assistência.

Aí você pode dizer que para ajudar uma pessoa com fome e alguém doente não é preciso ser rico, sim, está correto, mas queria ser rico porque o mundo gira em torno do dinheiro. Até para beber água e comer é preciso dinheiro. Sem isso, você não vive. Então me pergunto, porque não cobram logo pelo ar que respiramos?

Queria ser rico para atingir um numero grande de pessoas com proximidade e caridade.

Eu sei que isso é perigoso, (me refiro ao dinheiro) e além de que teria que observar para não deixá-lo subir a minha cabeça e me transformar, sendo uma pessoa esnobe. Pois é isso que acontece na maioria dos casos. Eu não iria deixar isso acontecer. Deixar meus valores serem corrompidos. Eu iria pensar no próximo e iria ter dinheiro para fazer alguma coisa... por alguém.

Claro que iria usufruir. Sem dúvidas. Mas uma boa parte iria para caridade. O mundo sem pensar no próximo não é mundo. É só um poço de arrogância e sensação de poder. E tudo para que? Para morrer e não levar nada disso.

Eu iria fazer alguma coisa. Acredite. Pelo menos, iria fazer mais que muitos por aí que nadam em dinheiro e não pensam em ninguém.

Comecei a pensar tudo isso olhando da janela do ônibus.

Como eu queria ser rico...

Como eu já sou rico.

Como queria que as pessoas fossem ricas. Todas.

Renato.

domingo, 1 de novembro de 2015

Com licença, por favor?

Todo mundo sabe que a frase: "Com licença, por favor?" já não funciona mais no Metrô de SP, não como efetivamente deveria. Mesmo as pessoas estando bem na frente das portas, mesmo você falando em alto e bom som e até mesmo o script do Metrô "Não fique na região das portas, isto atrasa a vida dos outros" não ajudam. As pessoas parecem que não escutam, fingem que não escutam ou gostam de ser esse atraso na vida dos outros mesmo.

De qualquer forma, pensando nisso, passei a utilizar em alguns casos extremos uma técnica que é praticamente infalível para poder sair do Metrô nos horários de pico ou quando estiver extremamente cheio, já que a prática gentil não é mais eficaz.

Apenas diga alto: "LICENÇA, POR FAVOR, PASSANDO MAL AQUI, VOU VOMITAR". Pronto. É como se abrisse um portal exclusivo para você, apenas faltando estenderem uma tapete e soar uma música de fundo em clarinetes: "Óóóóhhhmmmmm". Mesmo se você estiver no centro do trem, as leias da Física se rompem e fariam certamente Newton revê-las.

Todos se mexem, sem exceção. E saem da sua frente de qualquer maneira e em milésimos de segundos. Mas não pense que é porque as pessoas são solidárias a uma pessoa que ta passando mal. Não, nada disso. A chave disso, são as palavras "vou vomitar" que traz a mente imediatamente a imagem de alguém te sujando com algo fedido e isso faz com que o instinto primitivo de auto-defesa e sobrevivência seja acionado. Sem perceber, as pessoas se vêem correndo para as colinas.

xD

5 aulas de gestão estratégica

hahahaha
Curti muito.

Fonte aqui

1ª AULA

Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta:
– Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?
O corvo responde:
– Claro, porque não?
O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.
Conclusão

Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo.
2ª AULA

Na África todas as manhãs o veadinho acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter vivo.
Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deverá correr mais que o veadinho se não quiser morrer de fome.
Conclusão: Não faz diferença se você é veadinho ou leão, quando o sol nascer você tem que começar a correr.
3ª AULA

Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e, na rua, encontram uma antiga lâmpada mágica.
Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio.
O gênio diz:
– Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês!
– Eu primeiro, eu primeiro, grita um dos funcionários! Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida… Puff e ele foi.
O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido:
– Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas! Puff, e ele se foi.
Agora você, diz o gênio para o gerente.
– Eu quero aqueles dois folgados de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!
Conclusão: Deixe sempre o seu chefe falar primeiro.
4ª AULA

Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de
discussão para ver quem iria atender a porta a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Nestor em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Nestor diz:
– Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha!
Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua.
Nestor então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora.
Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro:
– Quem era?
– Era o Nestor, o vizinho da casa ao lado, diz ela.
– Ótimo! Ele lhe deu os 3.000 reais que ele estava me devendo?
Conclusão: Se você compartilha informações a tempo, você pode prevenir exposições desnecessárias.
5ª AULA

Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo às árvores frutíferas. No caminho, ao passar por
uma lagoa, ouve vozes femininas e acha que provavelmente algumas mulheres invadiram suas terras. Ao se aproximar lentamente,observa várias belas garotas nuas se banhando na lagoa. Quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam:
– Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora.
O fazendeiro responde:
– Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!
Conclusão: A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos mais rapidamente.
Portanto,
Antes de falar, escute…
Antes de escrever, pense…
Antes de gastar, ganhe…
Antes de julgar, espere…
Antes de desistir, tente…
“No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo que você é, e outras, que vão te odiar pelo mesmo motivo.”
(Autor desconhecido, mas esperto)

As 100 músicas mais bonitas do mundo

Compensa dar uma olhada nessa matéria da Revista Super Interessante.

http://super.abril.com.br/blogs/cultura/as-100-musicas-mais-bonitas-do-mundo-segundo-os-usuarios-do-reddit



sábado, 10 de outubro de 2015

Senhor Fazei-me

Demorei um pouco para falar sobre isso, mas ficou a vontade de escrever sobre a missa incrível e a Palavra tocante que foi a de domingo, dia de São Francisco de Assis.

Antes de nos aprontar para ir, tomando café, costumamos deixar a televisão ligada e neste domingo estava no canal da Canção Nova. Acompanhei um Sermão mais que provocante, um verdadeiro tapa em nossa cara. Estava no meio, mas não teve importância porque estava em uma boa parte e aí me sentei para ouvir melhor. O padre dizia fervorosamente, que ao invés de pedirmos coisas a Deus, temos que nos doar. Sempre mais. E o quanto estamos dispostos a isso? Refletia que é comum hoje em dia entregarmos a Deus nossos pedidos mais que variados e complexos. É fato que aprendemos (erroneamente) que Deus é o grande solucionador das nossas várias necessidades, tem igrejas que até ensinam isso.

Mas as pessoas aí se sentem servidas por Deus e não querem fazer nada. Pedem Ó Deus dá-me isso. Deus. Dê-me aquilo, por favor... E esperam. Esperam. E se não conseguem, se frustram, se revoltam com Ele. Paralelo a isso, o padre fez uma comparação com o filho pródigo: Dá-me a parte que me cabe da herança...” (Lc 15,12), disse o jovem ao pai, e aí deu no que deu do que já conhecemos essa história. O rapaz foi parar no meio dos porcos e só aí lembrou que o pai tinha muitos empregados e eles não eram tratados assim. Ao chegar arrependido para o pai disse: Fazei-me um de seus empregados” (Lc 15,20).  E aí o pai o acolheu com grande festa.

Não se está aqui dizendo que não devemos pedir nada a Deus. Mas sim, devemos nos dirigir a Deus à aquilo que não nos é possível alcançar. Que só Ele pode prover. Isso sim! Ele é o Deus do impossível e Ele mesmo disse isso. “Eu sou, em verdade, o Senhor, o Deus de todas as criaturas. Haverá algo que me seja impossível?” (Mt 19,26). No entanto, temos que nos atentar que Deus nos dá aquilo que realmente precisamos e não o que queremos.
Nos dois primeiros versículos, vemos duas palavras: Dá-me, e fazei-me. E elas significam muito. O quanto estamos disponíveis para fazer algo?

Na missa, houve outra reflexão interessante que podemos juntar aqui com isso: “Por esse motivo é que o homem deixa a guarda de seu pai e sua mãe, para se unir à sua mulher e tornar-se uma só carne” (Gn 2,24). Pois bem! Homem unindo-se a mulher para se tornar um só. É muito bonito, mas o que isso quer dizer? Como pode duas pessoas se tornam uma só? É um desprendimento. O mais difícil. O unir-se aqui é fazer-se disponível, é fazer-se uma nova pessoa. E essa nova pessoa tem novos propósitos, tem novas angústias, tem novas descobertas e novas necessidades.
Emocionalmente, espiritualmente, intelectualmente, financeiramente e de toda outra forma, o casal deve se tornar um. Não há mais meu dinheiro, minhas saídas, minhas coisas. Mas nosso dinheiro, nossos passeios, nossas coisas.

Muitos casamentos se destroem porque não entendem esse simples raciocínio e a lógica de uma união matrimonial. O individualismo prevalece em muitas discussões e aí um fica na defensiva apontando os erros do outro. É natural. Mas não chega a lugar algum. (Discussões assim nunca chegam). Não entendem que o devem fazer primeiro é olhar para si próprio e ver o que pode fazer para melhorar. Conseguir se desprender e conseguir ouvir as reclamações do outro fará o outro também lhe ouvir, e depois agir na mudança juntos. Entender o relacionamento como um desprendimento é chave para um casamento de sucesso.

Claro que viver para o outro não é fácil, as emoções se afloram, impedimentos e limitações acontecerão. Mas é o caminho para se tornar um só. Fazer o outro totalmente feliz é doar-se completamente. Doar-se ao outro é o que São Francisco fez. Se desprender em razão do próximo e para Cristo é o que a belíssima oração dele nos ensina.
Lembro-me até hoje de um dia que minha esposa estava precisando de uma palavra confortante. Ela passava por problemas muitos sérios com seu pai. Mas não havia ninguém disponível. Eu já havia me colocado à sua disposição e a aconselhado, claro, mas ela precisava realmente de falar com mais alguém, de preferência alguém mais estudado. Fomos então à comunidade São Francisco que fica perto de casa, e lá o ministro ao final da celebração já ia indo embora quando o abordamos. Ela emocionada, solicitou sua atenção. Se notava facilmente que ele não tinha tempo nenhum. Mas mesmo assim a acolheu. Ele a tomou pela mão e levou até os fundos da igreja e por ali ficaram muito tempo conversando sozinhos. Muito tempo mesmo.

Nunca soube o que conversaram naquele longo tempo, mas sei que ela saiu bem melhor de lá. E com grandes mudanças. Eu não tenho duvidas que Cristo ali o usou como instrumento de paz, assim como diz a oração de São Francisco. Além do desprendimento e a doação muito forte de tempo que fez, houve também uma troca recíproca disso por parte dela. Ela procurava e sempre usava a palavra chave: “O que eu posso fazer para que meu pai mude?”. Não foi preciso mais nada. Com muita fé, Deus cuidou do restante.

Parece-me então que Deus tem bons olhos para a palavra Fazei-me.


Renato.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Fatos não deixam dúvidas

Em primeiro lugar eu não quero elucidar nenhum tipo de debate com ateu ou conhecedor de ciências. Também não respondo comentários ou questionamentos, mas fique sempre a vontade em dizer o que pensa, claro, sempre com respeito ok?

O texto a seguir é apenas uma reflexão pessoal minha.

Estive vendo uns artigos sobre a origem do universo e cheguei nuns pensamentos:
Acredito que uma simples frase leva a uma discussão sem fim: "Fatos não deixam dúvidas". É fato que o universo surgiu de uma explosão? É fato que o ser humano surgiu do macaco? Ou é fato que tudo veio de uma criação divina?
Em nenhum destes casos se tem uma explicação 100% fato. O que temos é uma infinidade de pensadores, filósofos, cientistas e estudiosos em busca da resposta. E funciona assim mesmo: a verdade sempre será procurada. Faz parte da natureza humana, do cérebro, da evolução do pensamento, dos sentidos e da inteligência ser inconformado, e é só assim que se evolui.

Alguns cientistas desenvolvem uma teoria e outros cientistas já tendem para o criacionismo com outra linha argumentativa... Sim! Criacionismo e Ciência juntos. Não se confrontando mas querendo chegar na Grande resposta. No entanto... Século XXi e ainda nada de 100% fato. Mas só um fato não deixa dúvidas! TemosTeorias e teorias...Ciência com bons argumentos em várias ramificações.

Mas isso quer dizer que a Ciência não consegue chegar uma conclusão? Claro que sim! A origem da vida, do planeta, do universo é um mistério! Um grande mistério! E parece que pra sempre será! ''...Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente...'' (1Coríntios 2,14). O discernimento. Visto que não entendíamos Deus, Ele se fez Homem, continuamos a não o entender e o crucificamos! Hum? Isso é um fato. Jesus Cristo existiu. Talvez outro fato seja: O mundo, seja uma ''coisa'' do Espírito de Deus, e como diz a citação, não poderemos entendê-lo, assim como a vida...

E eu acho que é pra ser assim mesmo. Essa é uma questão para o ser humano resolver individualmente, pela sua percepção pessoal do que é a vida, pra que serve a vida e porque vivemos? onde queremos chegar e porque. Porque vivemos em média 100 anos? Temos um prazo aqui (Isso é um fato, todo mundo morre) e é para fazer alguma coisa. Não pode ser a toa! Não acha? Para alguns como Irmã Dulce sua vida se resumiu em ajudar os doentes. Para outros, se resume em procurar e inventar coisas modernas para se viver bem e com mais conforto esses anos. Para outros, a vida é uma caça, foi feita para os mais espertos sobreviverem e este vive aplicando golpes. E pra você? Pra que viver, batalhar tanto pra depois apagar e morrer. Fim? E deixar seus filhos que também vão ter o mesmo fim. Você pode dizer: "Ah... Mas é o curso natural da vida". Sim, mas porque é assim? Qual sentido disto? Já se questionou? Para mim, surge outro fato que não deixa dúvida: Estamos aqui agora e isso tem um propósito, um sentido... E somos os únicos seres com um cérebro capaz de muita coisa. Qual o sentido disto tudo pra você? A gente decide responder essas questões como quisermos e somos livres até pra isso.

domingo, 17 de maio de 2015

Coca-Cola : Man & Dog

Muito boa! 

Coca-Cola apresenta o mundo através do olhar de um cachorro

A animação "Man & Dog" é assinada pela agência W+K USA.


terça-feira, 28 de abril de 2015

Danilo Casemiro - Sou um milagre

Divulgo aqui o excelente trabalho de Danilo Casemiro. Quando ouvi essa música nesse formato acústico, não resisti... Muito boa!  :)

Acesse o seu canal do Youtube e ouça as outras músicas. 
Ouça "Ninguém te ama como eu" e também "Noites traiçoeiras". Lindas e incríveis!





quinta-feira, 23 de abril de 2015

Ùltima mensalidade

Pois é... A última mensalidade... Acho que é bom pagar a última mensalidade de qualquer coisa, não é? Assim que dei o dinheiro pra mocinha do caixa me senti mais leve! Mais bem disposto, com vontade de sorrir, de correr... e gritar.

Tem sensação melhor do que essa? Quando recebi o comprovante, ouvi o Galvão gritar na minha orelha: "ACABOU, ACABOU!!! É TETRAAA... É TETRAAA!!!!!!! ''

Indescritível.

Talvez melhor que isso, seja só comprando algo novo e começando tudo outra vez. Huehuehuehue

sábado, 21 de março de 2015

Fui abraçado!

Eu confesso que acordei de mau humor hoje. Sem nenhum motivo específico. Fui pra minha consulta médica e ao voltar para pegar o metrô me deparei na estação com uma porção de pessoas, a maioria adolescentes e crianças, todas de branco. Eles seguravam cartazes e tinham na camiseta algum símbolo. Eu ia passando por eles quando fui abordado por uns quatro.
- Moço, quer ganhar um abraço?
- Como?
- Um abraço! Quer? - Os quatro abriram os braços simultaneamente.
Percebi o que diziam os cartazes: "Abraços grátis'', ''Oi, quer conversar?'', ''Aperto de mão aqui''.
Abracei os moleques e rimos juntos daquilo.
Todo mundo gritou. Aeeee!!!
E assim o meu mau humor se dissipou na hora.
Fiquei depois ali olhando por mais alguns minutos, eles estavam abraçando todo mundo da estação, tirando fotos e cumprimentando. Não sei e acabei me esquecendo de perguntar qual o objetivo da ação, mas ela é e parece ser muito boa.

terça-feira, 17 de março de 2015

Um ''pouquinho'' sobre política

Tai um texto incrível de Eliane Brum, jornalista e repórter, que concordo inteiramente. Muitos as vezes confundem as minhas ideias porque as vezes, é verdade, extrapolo em minhas revoltas, mas esse texto define bem a minha posição sobre a política atual.

Não vou colocá-lo aqui porque o texto é longo, mas vale a pena a leitura! Leia e compartilhe.

http://brasil.elpais.com/brasil/2015/03/16/opinion/1426515080_777708.html

domingo, 15 de março de 2015

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Menino aprisiona a morte para que sua mãe não morra

No Oco Da Avelã 

Quando a Morte se aproxima para levar a mãe de Paul, o menino consegue agarrá-la e aprisioná-la em uma avelã e em seguida atira a avelã ao mar. Logo a mãe se cura. Os dias novamente transcorreriam tranquilos e felizes, acreditava ele. Mas eis que o açougueiro não consegue mais abater seus novilhos e os pescadores não fisgam mais um peixe sequer. Nem mesmo os ovos se deixam quebrar! A Morte foi abolida. Sem ela, como a vida seguirá seu curso?

Paul, percebeu uma confusão que causara no planeta! E aprende a lição de que sem morte, a vida se torna impossível. Curioso não? Essas e outras reflexões profundas, mas ao mesmo tempo delicadas, brotam nas páginas desta história enquanto Paul tenta recuperar a avelã. E nos levam a também aprender as nossas lições. Aproveite as pessoas enquanto elas ainda estão por perto.

O mais interessante é que esse livro é infantil.
OBS.: Não li o livro ainda.

Fonte Folha

Power Rangers Curta

Efeitos especiais com tecnologia atual, sangue, roteiro de ação e violência. A versão Power Rangers para adultos não agradou a Saban Brands que não entendeu como uma homenagem e decidiu ordenar a remoção do curta. O diretor Joseph Kahn ficou bastante desapontado.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

The Walking dead Telltale game Serie

Eu acho que nunca curti tanto um jogo como esse.

Em The Walking dead da Tell Tale game, o seu destino e as coisas acontecem de acordo com as suas decisões. Pessoas morrem, se salvam, brigam, entram ou saem do grupo, tentam ganhar sua confiança, ficam chateadas ou alegres com você. Praticamente o jogo todo é conversado, argumentado e discutido, pra onde vão ou o que vão explorar ou tentar fazer pra sobreviver a invasão de zumbis. Como num filme. Só que é você que toma as decisões ou os tenta convencer.

Nos diálogos sempre há quatro opções de fala diferentes e que podem levar a algo.

Tem muita coisa que você se arrepende, e tem muita coisa que você viu que fez mesmo o certo. E o mais legal é que tem que ser rápido nisto e não dá pra voltar atrás.

Nesta segunda temporada, eu me surpreendi! Além de ser em português e com legendas grandes, em muitos capítulos fiquei em duvida do que fazer.

Excelente! Recomendado!

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Livro Bíblia em ação


BÍBLIA EM AÇÃO - A história da Salvação do Mundo - Sérgio Cariello.

Muito me chamou a atenção uma versão das Escrituras em quadrinhos. Primeira vez que vi na livraria, fiquei com vontade de comprar. Finalmente eu a ganhei!

Este livro de Sergio Cariello é uma obra prima.

Ele traz mais de 200 narrativas em ritmo acelerado e em ordem cronológica, facilitando o acompanhamento da história bíblica - e reforçando o suspense até seu eletrizante clímax. A Bíblia em Ação mostra a história da Salvação do mundo através de uma linguagem jovem, como os quadrinhos da Marvel, DC Comics, etc. São vários capítulos, desde "No Princípio" (Gênesis 1-2) até "Os últimos dias" (Apocalipse).

Os quadrinhos levam aos leitores as histórias de maneira clara e forte, com texto bem escrito e imagens bem desenhadas chamam a atenção de leitores de todas as idades. São mais de 700 páginas de lindas ilustrações e a poderosa Palavra de Deus.

Sergio Cariello é um artista internacionalmente reconhecido, criou as ilustrações sensacionais que prendem a atenção. Os desenhos ousados e vigorosos, trazem à narrativa, intenso realismo e emoção.

Estou gostando muito!

Claro que por ser uma edição não tem todo o conteúdo da Bíblia. Mas isso não importa e não tira o brilho desta obra. Deixe você também que esta tradução épica da Palavra de Deus o leve experimentar toda a emoção da história mais incrível que já foi escrita No Mundo.

Aprovo demais! Recomendado!

domingo, 18 de janeiro de 2015

Sobre um abraço.

O ABRAÇO – POR RENATO TRANCOSO

Eu e ela, dois em um. Abraçados, somos como um só. Almas entrelaçadas, um fio,
cúmplices.

[ Durante o abraço, fecho os olhos ]

Quero senti-la mais. Uma sensação de segurança inunda meu ser. Estou seguro, nada mais importa. Não sei mais que dia é hoje nem que horas são. Também, não importa mais, ela está comigo e isso basta. Não preciso de mais nada. Ela está envolvida em meus braços, e eu nos braços dela. Será que ela sente o mesmo? Não quero mais soltá-la.

Todas as incertezas agora se tornaram certezas. Eu a amo, estou nos braços dela. Não, eu sou maior, então ela é que está nos meus! Não quero que esse momento acabe. Estamos abraçados há quanto tempo? Não sei, não importa! Nunca senti nada parecido.

Será que isso é amor? Quero apertá-la mais, mas talvez isso a machuque. Ela é tão frágil, tão petite, tão lindinha. Acho que só um pouco… 

[Apertando ela um pouco mais.]

Agora o abraço está mais apertado. Acho que não a machuquei. Acho que ela correspondeu. Há quanto tempo eu não a via, ela parece estar linda, só pude vê-la por um segundo antes que me abraçasse.

[Abro os olhos.]

Vejo o chão da estação de metrô. Será que tem alguém nos olhando? Não quero mexer minha cabeça para ver. Vou ficar na dúvida mesmo.

[Fecho os olhos novamente.]

Ela está cheirosa. Ela é cheirosa. Seu cabelo está sobre meu rosto. E essa energia positiva, de onde vem? Parece que o mundo parou de girar. Parece que somos só nós dois na imensidão do universo. Não ouço mais os sons da estação, nada mais entra em minha cabeça.

É, eu a amo. Eu a amo mesmo. Essa energia positiva que sinto só pode ser amor, não há outra explicação. Quero protegê-la, cuidar dela.Vou soltá-la, preciso escutar sua voz, olhar em seus olhos. Mas antes vou apertá-la mais, por um segundo.

Soltei, ela também me soltou. O sentimento continua aqui. Essa segurança, essa alegria, essa felicidade. Estou sorrindo e nem sei o por quê. É inevitável. Talvez mais tarde eu consiga parar de sorrir. Só mais tarde, quando ela se for. 

Eu poderia usar um dicionário inteiro mas não conseguiria descrever com palavras a sensação de um abraço.

domingo, 4 de janeiro de 2015

Msg: Augusto Cury

“Desejo que você
Não tenha medo da vida, tenha medo de não vivê-la.
Não há céu sem tempestades, nem caminhos sem acidentes.
Só é digno do pódio quem usa as derrotas para alcançá-lo.
Só é digno da sabedoria quem usa as lágrimas para irrigá-la.
Os frágeis usam a força; os fortes, a inteligência.
Seja um sonhador, mas una seus sonhos com disciplina,
Pois sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas.
Seja um debatedor de ideias. Lute pelo que você ama.”

                                                                    Augusto Cury